A Carreira é Sua!


Publicado em Categorias Atendimento, Coach, Empresa


Tenho ouvido muitos discursos de diversos profissionais de R.H. sobre a questão de os colaboradores da empresa ainda considerarem como sendo objetivo da empresa a construção da sua carreira enquanto profissional. Assim, resolvi escrever esse artigo para diferenciar algumas questões e deixar mais claro, para a empresa e o colaborador, as suas responsabilidades.

Na geração de nossos pais, as empresas ofereciam um plano de carreira, com o objetivo de fazer com que aquele colaborador entrasse e se aposentasse naquela organização. Assim, eles ofereciam também o processo de qualificação, para que eles pudessem ter uma evolução em sua carreira. Assim, nós conseguíamos ver no mercado pessoas que entraram na empresa aos 18 anos e que saíram por volta dos 55 anos, aposentados e com significativa evolução. Começaram como estagiários e terminaram como diretores, por exemplo.

Contudo, na contemporaneidade, o perfil de gerações modificou e as empresas também mudaram, assim como o conceito de carreira e empregabilidade. Antigamente, a carreira era entendida como esse conjunto de funções dentro de uma dada empresa. Hoje, a carreira é vista como esse conjunto de funções que o profissional desempenha, esteja ele dentro de uma dada organização ou mesmo não estando nela. Chegamos então ao conceito de empregabilidade, que seria o conjunto de competências que fazem com que dado profissional se torne empregável independentemente de estar numa empresa ou não.

Dessa forma, a carreira passou a ser responsabilidade da própria pessoa e não de uma dada empresa. É um ponto importante de reflexão, porque a carreira é sua, a escolha profissional é sua, então por que quem faz a gestão é uma empresa? E os seus objetivos profissionais, sonhos profissionais, onde ficam? A depender de uma dada organização?

O que as pessoas confundem é a empresa oferecer voluntariamente um plano de carreira, para a manutenção de seus talentos, juntamente com os incentivos educacionais, com a obrigação de ela qualificar. Ela pode ou não qualificar, não é sua obrigação! Se ela qualificar, tiver um plano de carreira bem desenvolvido, relacionado com outros processos de gestão de pessoas, significa que é um bom lugar para construir sua carreira, mas não significa que a qualificação tenha que ser dada na íntegra por ela. Ou seja: você precisa conhecer as oportunidades que existem e ir se qualificando, que significa não apenas fazer cursos, mas fazer trabalhos pessoais para desenvolver seus conhecimentos, habilidades e atitudes (como, por exemplo, participando de experiências voluntárias, fazendo viagens, lendo bons livros, indo a cafés e conhecendo novas pessoas, indo a eventos, ou nos cursos, tendo uma postura profissional que te faça construir boas redes de relacionamento). Você, profissional, precisa ter uma reserva financeira para isso também, dentro das suas condições.

É importante que você perceba que as oportunidades existem, mas você precisa fazer uma análise antes, verificar o que você já tem e o que precisa ter para chegar naquela oportunidade e, assim, ir desenvolvimento o seu planejamento de carreira, até conseguir. Hoje, a postura profissional de esperar da empresa não é bem vista, principalmente, num momento considerado como de crise para muitas organizações. Existem diversos perfis de empresas. Algumas estão aproveitando esse momento para melhorar o seu atendimento, investir em qualificação, trabalhar crenças limitantes de seus colaboradores e desenvolvê-los, como forma de fazê-los autores e atores de sua própria vida, pois assim ganha o colaborador e ganha a empresa, sem sombra de dúvidas. Mas isso não está presente em todas as realidades.

Então, o que você está fazendo na construção da sua carreira? Tem dúvidas na construção da sua carreira? Deixa o seu comentário e iremos te auxiliar nesse processo! Grande abraço!

Joseli Mendonça – Coach de Carreira e Consultora da Prática Consultoria
Diretora/Consultora
Prática Consultoria & Treinamentos
(81) 9813-5871 / Whatsapp

E nos acompanhem nas redes sociais:

Facebook:

Prática Consultoria e Joseli Mendonça

Instagram:

Prática Consultoria Joseli Mendonça